Encontro entre índios e Vale do Rio Doce fica para dia 31

A Fundação Nacional do Índio (Funai) adiou para a próxima terça, 31, a reunião entre índios Xikrin e representantes da Companhia Vale do Rio Doce. O encontro foi marcado para se discutir a questão dos repasses financeiros que a empresa faz mensalmente à comunidade indígena. A reunião estava prevista para esta quinta, na sede da Funai em Marabá, mas, segundo a assessoria de imprensa da fundação, foi remarcado a pedido da empresa. Na semana passada, cerca de 200 Xikrin ocuparam durante três dias as instalações da Vale do Rio Doce, em Carajás (PA). Eles reivindicavam uma reunião com representantes da empresa para discutir reajuste dos R$ 9 milhões que a Vale paga anualmente à tribo por explorar o minério na região e passar com seus vagões pela ferrovia de Carajás, que corta a reserva indígena. A última atualização teria sido feita pela última vez em 2004.Na última quinta, eles deixaram o local, em cumprimento a um mandado judicial de reintegração de posse. O cacique Karangré Xikrim informou à Agência Brasil que cerca de 40 índios devem vir a Brasília para participar da reunião. Ele não quis adiantar o porcentual de aumento que os índios vão propor à empresa e preferiu não se manifestar sobre as expectativas em relação ao encontro. A assessoria de imprensa da Vale do Rio Doce confirmou a presença de representantes da companhia na reunião e informou que o pedido de adiamento foi feito em função da agenda dos diretores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.