Encontro do PMDB rende duras críticas a FHC

Durante solenidade de inauguração da nova sede do PMDB em Minas Gerais, o ex-deputado federal Paes de Andrade (CE) disse que iria retirar sua candidatura à presidência nacional do PMDB e consagrar Itamar Franco na disputa que deverá se realizar na convenção nacional do partido, prevista para o dia 9 de setembro. "Até ontem, durante dois anos, percorri 14 Estados trabalhando a minha candidatura. No entanto, estou aqui para confraternizar e abraçar este grande líder que é Itamar Franco".De acordo com Andrade, em todos os discursos realizados na solenidade, o presidente Fernando Henrique Cardoso tem sido lembrado por estar "agredindo, atacando e insultando membros do PMDB e se esquecendo da verdadeira característica do partido, que nasceu para combater o regime militar". "O próprio Fernando Henrique abrigou-se sob a nossa bandeira no caminho da resistência democrática. Mas ele mesmo não conhece esse caminho, pois procurou o exílio voluntário dos tapetes complacentes de Santiago e Paris", afirmou. Assunto corrente também, em todos os discursos, foi a crítica do presidente FHC à opção do PMDB de apoiar Itamar Franco. Alguns presentes estão usando chapéu de palha, em alusão à declaração de FHC de que os peemedebistas deveriam "seguir o caminho da roça".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.