Encontro de Bastos e Dantas foi "missão institucional", diz Tarso

O ministro das relações institucionais, Tarso Genro, disse nesta segunda-feira que o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, cumpriu uma missão institucional ao se encontrar em sigilo na semana passada com o banqueiro Daniel Dantas, que deverá depor nesta semana à Polícia Federal (PF) sobre um dossiê atribuído a ele com supostas contas bancárias de autoridades no exterior."Não vejo nenhum problema na reunião. Pelo contrário. Ficou absolutamente claro que o ministro recebeu informações e afirmou ao senhor Daniel Dantas que a Polícia Federal vai fazer o inquérito. Uma missão institucional cumprida de maneira correta e adequada pelo ministro Márcio", afirmou Tarso Genro.O ministro das relações institucionais não quis comentar as suspeitas de que o encontro teria ocorrido para firmar um pacto de não-agressão entre o banqueiro e o governo. "Demais questões têm de ser respondidas pelo ministro", disse.Ele ressaltou que respondia às questões politicamente. "Ele cumpriu função institucional sua e deixou bem claro que a Polícia Federal vai fazer um inquérito rigoroso em função daquelas denúncias que apareceram na revista semanal que apresentou os fatos", garantiu Tarso Genro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.