Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Encontro com STF é diálogo, não negociação, diz líder

O deputado Professor Luizinho (PT-SP), um dos líderes governistas na Câmara, disse hoje que o encontro entre os presidentes do STF, Maurício Corrêa, e da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), é apenas uma oportunidade para dialogar, e não para negociar. Segundo ele, nenhuma proposta está sendo discutida nem deverá ser tirada do encontro. Luizinho voltou a defender a posição do governo de que um Poder não pode entrar em greve, pois isso seria uma tentativa de um Poder se sobrepor ao outro. "Isso é inaceitável", afirmou. "A Casa está experimentando um processo de diálogo com o Judiciário", afirmou. Com relação ao subteto dos magistrados nos Estados, o vice-líder disse reconhecer que há pressões dentro da própria base aliada para fazer mudanças, mas que seus líderes ainda não discutiram o assunto em conjunto. Segundo ele, questões dessa ordem serão discutidas dentro da base e com o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Agencia Estado,

30 de julho de 2003 | 11h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.