Encontrado corpo da terceira vítima de queda de avião no AM

A equipe de resgate do Corpo de Bombeiros, utilizando como apoio um barco da Capitania dos Portos, chegou a Manaus por volta das 16 horas deste sábado trazendo o corpo do cinegrafista francês Donnet Joel Maurice Franck, um dos três mortos no acidente com o avião Cessna prefixo PT-JNM, que caiu na manhã de quinta-feira próximo a arquipélago de Anavilhanas, no município de Novo Arião.Além do cinegrafista, cujo corpo já foi identificado no Instituto Médico Legal de Manaus e deve ser transladado nesta segunda-feira para o Rio de Janeiro, morreram no acidente o piloto amazonense Paulo Sérgio de Miranda Correa e o fotógrafo, também francês, Nicolas Raynard. Os dois documentavam o trabalho do pesquisador Gerard Moss na Amazônia para a revista National Geographic quando o piloto, ao tentar uma manobra para oferecer melhor ângulo para as fotos e filmagens perdeu o controle do aparelho e caiu no Rio Negro.Logo após a queda, moradores das comunidades de Tirica e Santo Antônio, que ficam a aproximadamente 100 quilômetros de Manaus margeando o Rio Negro, tentarem resgatar os ocupantes do avião, mas comente com a chegada do Corpo de Bombeiros foi possível retirar o piloto e o fotógrafo que estavam presos aos cintos de segurança ainda dentro da aeronave. Como o local é de difícil acesso, chegou-se a noticiar que o desaparecido era o piloto amazonense, fato que foi depois desmentido quando os corpos chegaram ao IML, por volta das 11 horas do dia do acidente.O terceiro corpo, no entanto, somente foi localizado neste sábado. Como já havia se especulado, ele ficou preso em galhos no fundo do Rio Negro. As águas escuras do rio dificultaram as buscas e foi preciso a intervenção de mergulhares do Corpo de Bombeiros para sua localização.Durante o enterro do piloto amazonense, ocorrido na manhã de sexta-feira, muitas especulações sobre a causa do acidente. Amigos de Paulo Sérgio garantiram que não houve falha humana, uma vez que Paulo Brahma, como era conhecido, sempre foi considerado um dos melhores pilotos da aviação regional. A possibilidade de pane do equipamento está sendo apontada como a causa mais provável do acidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.