Empresas multadas por não pagar vale-pedágio

Um balanço divulgado nesta sergunda-feira pelo Ministério dos Transportes revela que 412 empresas foram multadas nos últimos quatros meses, no valor de R$ 56 mil, porque não pagaram o vale-pedágio para os caminhoneiros.Segundo o balanço, o Estado do Paraná está em primeiro lugar no ranking de multas: 307 empresas foram punidas neste período.O ministro dos Transportes, Eliseu Padilha, explicou que a fiscalização contra as transportadoras que não estão cumprindo a decreto do vale-pedágio ocorre porque foram firmados convênios com os Estados.Padilha assegurou que o secretário deTransportes do Estado de São Paulo, Michael Zeitlein, prepara a minuta de convênio sobre fiscalização.O pagamento do vale-pedágio para o caminhoneiro foi determinado pelo governo federal, em maio do ano passado, durante as negociações com os líderes da categoria para acabar com a greve.A medida tem por objetivo repassar as despesasde pedágio para o embarcador ou o dono da carga. O balanço divulgado pelo Ministério dos Transportes indicou que, no mês passado, houve uma significativa redução de multas.Os fiscais do ministério multaram apenas cinco empresas em função do descumprimento da lei do vale-pedágio. As investigações são feitas a partir de denúncias encaminhada para o 0800 61 0300.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.