Emissário do Planalto procurou Silvinho para saber de saúde

O ex-secretário-geral do PT Sílvio Pereira, que depõe na CPI dos Bingos, foi procurado nesta terça-feira por um emissário do Palácio do Planalto. A pedido do governo, o secretário de Finanças do partido, Paulo Ferreira, teve uma conversa com "Silvinho" para saber como o ex-dirigente petista estava de saúde, num ato de solidariedade humana, segundo assessores. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria demonstrado, em conversas reservadas, preocupação com o atestado médico apresentado por "Silvinho". Ferreira foi o escolhido por estar ligado ao PT e não ao governo e ter uma boa relação com o ex-secretário. Embora o Planalto tenha escolhido um emissário à véspera do depoimento de "Silvinho", o presidente Lula fez questão de reafirmar nas conversas com pessoas próximas que o ex-dirigente é livre para falar o que bem entender. O Planalto não confirma que pediu ajuda a Paulo Ferreira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.