Emenda sobre MPs deve ser votada em agosto

O segundo turno de votação na Câmara da proposta de emenda constitucional (PEC) que restringe a edição de medidas provisórias só poderá ser realizado em agosto. Em razão do atraso na votação da proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias, a sessão ordinária da Câmara, prevista para iniciar às 13 horas, terá que ser cancelada. Com isso, não será possível cumprir ainda hoje o intervalo de cinco sessões entre a votação do primeiro e do segundo turno. A votação teria que ser realizada em uma sessão extraordinária marcada para amanhã à tarde, quando já não haverá mais quórum, porque os deputados já estarão praticamente em recesso parlamentar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.