Embaixador venezuelano recebe MST em ato pró-Chávez

Militantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) e da Comissão Pastoral da Terra (CPT) fizeram hoje uma manifestação em frente à embaixada da Venezuela, em Brasília, para prestar solidariedade ao presidente Hugo Chávez. Cerca de 150 sem-terra gritaram palavras de ordem para mostrar que torcem para que o povo venezuelano aprove, no plebiscito a ser realizado amanhã, a permanência de Hugo Chávez no poder. O embaixador da Venezuela, Júlio Garcia Montoya, conversou com os sem-terra do lado de fora da representação daquele país e agradeceu pelo apoio ao presidente Hugo Chavez. Durante a rápida conversa, o embaixador distribuiu aos sem-terra exemplares do livro "O Golpe Fascista Contra a Venezuela". Nas palavras de ordem dos sem-terra, destacaram-se as críticas à criação da Alca e o apoio à soberania do povo venezuelano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.