Embaixada dos EUA tem novo serviço para vistos no Brasil

A partir do próximo dia 25, a embaixada dos Estados Unidos iniciará um novo Serviço de Informação sobre Vistos (SIV) para dar ao público informação recente e correta sobre as etapas para solicitação de vistos de entrada de brasileiros nos EUA. Toda pessoa que precisa de visto deverá usar esse serviço para agendar entrevista, segundo comunicado da embaixada. Os interessados poderão se informar sobre os requisitos para vistos de não-imigrante e de imigrante. O serviço substitui o atual sistema de marcação de entrevista por telefone e não inclui o custo de solicitação de visto. O novo sistema será acessado por meio de chamada paga. As pessoas terão acesso a informações gravadas e a operadoras que responderão às perguntas e marcarão as entrevistas para solicitação de vistos. As taxas arrecadadas reverterão para as prestadoras para manutenção do serviço, sem benefício para o governo dos EUA. O público pode entrar em contato com o Serviço de Informação de Vistos pelo telefone 0300-313-0800 (a chamada, de qualquer lugar do Brasil, custará R$ 0,27 por minuto, mais taxas), de segunda a sextas, das 8h às 20h. Uma operadora fornecerá uma senha única e pessoal e as instruções sobre como efetuar o pagamento da taxa de R$ 35, que inclui uma chamada telefônica com duração de 10 minutos, válida para uma ou mais chamadas. Essa taxa cobre também a despesa do envio postal dos passaportes cujos vistos foram aprovados. O pagamento poderá ser feito por telefone, pela internet, ou pessoalmente em um dentre vários bancos locais. No dia seguinte ao pagamento, o interessado deverá ligar para 0300-313-0800, digitar a senha e receberá acesso a uma série de gravações com informações sobre vistos, disponível 24 horas por dia, sete dias por semana. A pessoa que tiver mais perguntas ou que desejar marcar entrevista para solicitação de visto será transferida a uma operadora durante o horário comercial, que funcionará de segunda a sexta-feira. Os solicitantes devem escolher o horário preferido para a entrevista, que será realizada na embaixada ou consulado dos EUA.

Agencia Estado,

23 Julho 2002 | 16h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.