Embaixada dos EUA alerta cidadãos sobre violência durante protestos no Brasil

A nota, recebida por um norte-americano que pediu anonimato, sugere a previsão de rotas alternativas em caso de bloqueios

Julio Cesar Lima, especial para O Estado, O Estado de S. Paulo

12 de março de 2015 | 20h00

Curitiba  - A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, emitiu um comunicado nesta quinta-feira, 12, alertando os cidadãos norte-americanos para que tomem cuidados e sejam cautelosos durante as manifestações desta sexta-feira, 13, quando grupos favoráveis à presidente Dilma Roussef irão às ruas; e no dia 15, quando grupos contrários à presidente irão se manifestar, por causa do risco de violência.

O comunicado vem acompanhado com os nomes das cidades onde irão ocorrer as manifestações do dia 15, mas na de sexta-feira faz uma referência apenas à estação Brigadeiro do Metrô, em São Paulo e em Brasília.

A nota, que foi recebida por um norte-americano que pediu anonimato, sugere a previsão de rotas alternativas em caso de bloqueios. Para ele, os Estados Unidos mostram uma preocupação com a segurança maior do que os brasileiros. "O norte-americano sabe mais do Brasil do que a nossa própria população", comentou.

Abaixo, a íntegra da notificação, à qual constam também endereços e telefones de contatos das representações norte-americanas:

United States Embassy Brasilia, Brazil

 

"Security Message for U.S. Citizens:  Nationwide Demonstrations

On March 13 and March 15 

 March 12, 2015  


The U.S. Embassy in Brasilia alerts U.S. citizens to media reports of nationwide demonstrations planned for Friday, March 13, and Sunday, March 15, 2015.  Reports indicate that the protests will occur in most major cities throughout Brazil.  Even demonstrations intended to be peaceful can turn confrontational and escalate into violence.  You should avoid areas of demonstrations and exercise caution if in the vicinity of any large gatherings. The U.S. Government has advised Mission personnel to monitor local news reports and avoid areas where protest activities may occur. If you plan to travel on the day of the demonstrations, familiarize yourself with potential alternative routes to your destination in case your planned route is closed or blocked."

Tudo o que sabemos sobre:
protestosDilma RousseffEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.