Em visita ao Brasil, Chávez recomenda 'força' a Palocci

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, recomendou "força" ao ministro-chefe da Casa Civil do Brasil, Antonio Palocci, alvo de denúncia de suspeita de enriquecimento ilícito. "Fuerza, fuerza", afirmou Chávez, ao cumprimentar Palocci, na chegada ao Palácio do Planalto, em sua visita oficial ao País.

LEONÊNCIO NOSSA E TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

06 de junho de 2011 | 12h13

Chávez chegou apoiado em uma bengala. Por causa de um problema no joelho, que o impediu de viajar para Brasília em maio, o presidente venezuelano evitou a rampa do Palácio do Planalto e chegou pelo elevador ao salão nobre, onde foi recebido pela presidente Dilma Roussef. Depois os dois ouviram os hinos do Brasil e da Venezuela, no topo da rampa.

Tudo o que sabemos sobre:
ChávezPalocciforçavisita

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.