Em vídeo, Marina agradece a Deus e a Gilmar Mendes

Em um vídeo publicado no site da Rede Sustentabilidade, novo partido que Marina Silva pretende criar, a ex-senadora diz que, graças a Deus e ao ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, ela e o seu grupo podem continuar a mobilização para estruturar a legenda.

ISADORA PERON, Agência Estado

29 Abril 2013 | 19h53

"Vivemos recentemente uma tentativa no Congresso de silenciar a voz daqueles que têm um outro posicionamento. Graças a Deus, à mobilização da sociedade, dos senadores e do Supremo, na pessoa do ministro Gilmar Mendes, nós estamos agora livres para fazer o nosso processo político", disse Marina.

Na semana passada, Mendes concedeu uma liminar que suspendeu a tramitação no Senado de um projeto de lei que restringe o acesso de novas siglas aos recursos do Fundo Partidário e ao tempo de rádio e TV. A proposta tem apoio do governo federal, e tem sido considerada um "golpe contra a democracia" pelo grupo de Marina. A ex-senadora é uma das prováveis adversárias da presidente Dilma Rousseff nas eleições do ano que vem.

Para sair do papel, além de superar essa disputa no Congresso, a Rede tem de conseguir reunir as mais de 500 mil assinaturas necessárias até outubro para poder registrar a nova sigla na Justiça Eleitoral. Até agora, o movimento já conseguiu coletar cerca de 200 mil fichas de apoio. A meta era chegar ao fim do mês de abril com 300 mil.

Mais conteúdo sobre:
novos partidosMarinavídeo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.