Em viagem para Europa, Campos se autopromove no Facebook

Presidenciável tem aproveitado para divulgar seu roteiro na Inglaterra e na Alemanha nas redes sociais; governador de Pernambuco, contudo, nega teor político de sua viagem

Angela Lacerda, O Estado de S. Paulo

01 de novembro de 2013 | 20h59

RECIFE - Embora descarte o teor político da viagem que faz a Alemanha e Inglaterra, o governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos (PSB) tem aproveitado sua página do Facebook para divulgar seu périplo. Nesta sexta-feira, 1, ele publicou um cartaz, com sua foto, informando da palestra que fará sobre "Brasil do futuro: um olhar estratégico para século 21", na próxima semana, na King's College em Londres.

"O anúncio do evento está espalhado nos corredores da instituição", informou ele, convidando os brasileiros em Londres. "A ideia é mostrar para a juventude europeia que o Brasil é mais do que a visão estereotipada que muita gente ainda tem dele", afirmou.

A foto do seu perfil no Facebook, de mãos dadas com sua nova aliada, Marina Silva, da Rede Sustentabilidade, tem por legenda "O que nos une neste momento é a história". Na quinta, 31, Campos comentou que iria se encontrar com empresários dos dois países para apresentar oportunidades de negócios em Pernambuco - estratégia para atrair investimentos - além de ter encontros com líderes e políticos europeus para discutir novos modelos de gestão pública.

"E, uma das coisas que mais gosto de fazer, farei palestras em universidades sobre o momento político e econômico do Brasil", destacou. No sábado, 2, ele se encontra com o vice-presidente do Deutsche Bank, em Berlim, na Alemanha, Caio Kai Koch-Weiser. No domingo, 3, com a embaixadora do Brasil em Berlim, Luisa Viotti.

Prêmio.O governo de Pernambuco conquistou mais um prêmio internacional por gestão. Desta vez o "Governarte: a arte do bom governo", do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por duas iniciativas institucionais. A premiação será entregue no dia 15 de janeiro, em Washington, nos Estados Unidos.

A notícia foi dada nesta sexta, através de nota da assessoria do governo, que afirma que Campos, ao receber a notícia em Berlim disse ter ficado feliz "por ver a prática cotidiana da gestão do Governo do Estado ganhar mais um reconhecimento internacional". "Isto significa que estamos no caminho certo, modernizando a máquina pública e melhorando a forma de gerir o serviço público para atender bem a população".

Os projetos premiados foram o Modelo de Gestão por Resultados do Programa Pacto pela Vida, na categoria "Governo Seguro - Boas Práticas em Prevenção do Crime e da Violência", e o Programa de Soluções Integradas da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe), na categoria "Governo Inteligente - Melhoria dos Procedimentos Burocráticos para Cidadãos e Empresas".

Esta foi a primeira edição do prêmio do BID, com participação de 71 projetos. O Governo de Pernambuco já recebeu outros dois prêmios internacionais na área de gestão pública, ambos da Organização das Nações Unidas (ONU).

Tudo o que sabemos sobre:
Eduardo CamposeleiçõesMarina Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.