Em três anos, governo desonerou 'uma CPMF', diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu críticas de que o governo não se empenha em reduzir a carga de impostos. Ele disse que o governo, nos últimos três anos, já desonerou um total equivalente a R$ 36,9 bilhões. "Na verdade já desoneramos uma CPMF", afirmou, referindo-se ao valor arrecadado anualmente com o imposto do cheque. Ele disse que a arrecadação federal tem aumentado mas os empresários nunca ganharam tanto dinheiro. "Acho muito esquisito ouvir, às vezes, as pessoas falarem que a carga tributária está muito alta. Essas mesmas pessoas não dizem quanto cresceu a arrecadação de sua empresa", afirmou. "A verdade é que as pessoas estão vendo que o governo está arrecadando mais. No entanto, as empresas estão ganhando dinheiro como nunca ganharam na história deste País, muito dinheiro. O que queremos é construir um País mais justo e solidário. E para isso precisa de arrecadação."Lula lembrou que em abril de 2003 foi pessoalmente ao Congresso junto com governadores entregar uma proposta de reforma tributária. A proposta, como ele mesmo ressaltou, ainda não saiu do papel. Ele confirmou que o governo enviará em breve ao Legislativo uma nova proposta de reforma tributária. "O que estamos tentando construir é uma política tributária que não interessa apenas ao Estado, ao município ou à União, mas ao povo brasileiro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.