Em Tocantins, Serra defende obras de eclusas

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, chegou com quase duas horas de atraso a Palmas, em Tocantins. Ele fez caminhada pela Avenida JK, no Centro da capital, acompanhado do candidato ao governo do Estado, Siqueira Campos(PSDB) e seu vice, João Oliveira (DEM). Serra entrou em lojas e cumprimentou eleitores. Alguns comerciantes instalados na avenida decidiram antecipar o fim do expediente temendo tumultos na passagem do candidato.

JOCYELMA SANTANA, Agência Estado

27 de julho de 2010 | 20h07

A caminhada, por um quilômetro, durou cerca de uma hora e meia. No escritório de uma farmácia, durante o percurso, Serra concedeu entrevista à imprensa. Para os jornalistas, defendeu a conclusão da eclusa - espécie de elevador que permite a passagem de embarcações - nas hidrelétricas que já estão em funcionamento e naquelas em construção no Tocantins. O sistema garante a navegabilidade dos rios, em especial o Tocantins, com a efetivação da hidrovia Tocantins-Araguaia.

Entre outros projetos que Serra defendeu para o Estado estão a conclusão da Ferrovia norte-sul (atualmente em fase de construção do trecho entre Guaraí e Palmas) e investimentos em clínicas médicas de especialidades - com ênfase na mulher.

Durante a entrevista, o candidato criticou o volume de recursos destinados pelo governo federal à construção do trem bala, que liga o Rio de Janeiro à Campinas(SP). Segundo ele, o montante poderia ser direcionado para melhoria do sistema metroviário urbano das cidades que sediarão jogos da Copa do Mundo de 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.