Em SP, Fórum João Mendes segue fechado após invasão

Servidores ocuparam saguão do prédio em protesto contra decisão do TJ de São Paulo

Fabiana Marchezi, Agência Estado

11 de junho de 2010 | 10h39

Cerca de 500 servidores do Judiciário em greve ocupam na manhã desta sexta-feira, 11, as dependências e o lado de fora do Fórum João Mendes, no centro de São Paulo. Por conta do protesto, o fórum deve continuar fechado por medida de segurança. Os casos urgentes serão enviados para juízes regionais do Estado. De acordo com a Assessoria de Imprensa do Tribunal de Justiça (TJ), os trabalhadores mantêm as manifestações no prédio, com gritos de ordem.

 

Veja também:

Grevistas ocupam Fórum João Mendes

 

Em torno de 80 grevistas ocupam o prédio desde quarta-feira para reivindicar uma reposição salarial de 20,16%. Segundo os servidores, a paralisação continuará por tempo indeterminado. Policiais militares acompanham a manifestação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.