Em SP alguns manifestantes começam a deixar protesto

O último cálculo divulgado pela Polícia Militar em São Paulo é de 1 milhão de pessoas na avenida Paulista, mas após duas horas de protestos, alguns manifestantes começam a ir embora lotando de camisas amarelas as ruas próximas à Avenida Paulista. "Já nos manifestamos, as crianças estão cansadas", disse o médico João Guerra, de 45 anos, que foi à manifestação acompanhado da mãe, Leda, e dos filhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.