Em SP, 46 candidatos são barrados pela Lei da Ficha Limpa até o momento

Procuradoria ainda vai analisar mais 777 pedidos de registro de candidatura até o próximo domingo

José Orenstein, estadão.com.br

29 Julho 2010 | 17h23

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) de São Paulo anunciou nesta quinta, 29, que impugnou 46 pedidos de registro de candidatura com base na Lei da Ficha Limpa dos 2.489 analisados até o momento. A PRE dividiu os pedidos em quatro editais.

 

A análise do terceiro edital foi concluída ontem com a impugnação de 322 pedidos, sendo 16 deles em razão da Lei da Ficha Limpa e o restante para requisição de diligências. Resta agora a avaliação do quarto e último edital, com mais 777 pedidos, que deve ser concluída até o próximo domingo, 1.

 

Entre os impugnados no terceiro edital, constam três candidatos a deputado federal e 13 candidatos a deputado estadual. Confira os nomes abaixo:

 

Candidatos a deputado federal

- Rodson Lima Silva (PP)

- Liberato Rocha Caldeira (PP)

- Paulo Salim Maluf (PP)

 

Candidatos a deputado estadual

- Élio Aparecido de Oliveira

Coligação Humanista Cristão (PSC/PHS)

- Vitor Sapienza (PPS)

- Diniz Lopes dos Santos (PR)

- Edson Joaquim de Freitas (PP)

- Antônio Dirceu Dalben (PPS)

- João Avamileno

Coligação Somos mais São Paulo (PRB /PT /PR /PT do B)

- Liliana Medeiros de Almeida Aymar Bechara

Coligação Somos mais São Paulo (PRB /PT /PR /PT do B)

- Márcio Chaves Pires (PT)

- Aloisio Vieira

Coligação Humanista Cristão (PSC / PHS)

- Ronaldo Ferreira da Costa (PPS)

- Rosveres Celestino (PSB)

- Gilson Luiz Correia de Menezes (PSB)

- Luciano Batista (PSB)

Mais conteúdo sobre:
Ficha Limpa impugnação, PRE-SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.