Luis Macedo/Agência Câmara/Divulgação
Luis Macedo/Agência Câmara/Divulgação

Em solenidade na Câmara, Dilma evita falar sobre Campos-Marina

'Hoje estou na fase dos grandes beijos', desconversa presidente ao ser questionada sobre aliança

Daiene Cardoso e Ricardo Della Coletta, Agência Estado

09 de outubro de 2013 | 11h49

Brasília - No final da cerimônia comemorativa aos 25 anos da Constituição, a presidente Dilma Rousseff evitou os jornalistas e não respondeu a perguntas sobre a nova aliança entre o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e a ex-senadora Marina Silva. "Hoje estou na fase dos grandes beijos", tergiversou a presidente, que estava acompanhada do presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Líderes da base aliada relataram na segunda-feira, 7, que Dilma demonstrou preocupação com a ida da ex-senadora para o partido de Campos, o PSB. Apesar de dizerem que o PSDB foi o mais afetado com a decisão de Marina, aliados de Dilma começaram a rever as estratégias para 2014.

Na solenidade desta quarta-feira, a presidente e outras autoridades receberam Medalha Assembleia Nacional Constituinte. As medalhas de ouro foram cunhadas na Casa da Moeda, em 1988, a pedido do então presidente da Assembleia, Ulysses Guimarães, mas ficaram guardadas no cofre da Câmara.  Na época, parlamentares questionaram os gastos com a confecção do material e a entrega foi suspensa.

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, também recebeu a homenagem. De acordo com a assessoria da Câmara, serão entregues 60 medalhas de prata para parlamentares constituintes e 23 de bronze para colaboradores indicados pela Mesa Diretora da Casa, a maioria jornalistas.

Ao deixar a cerimônia, Dilma disse apenas ter ficado "muito animada" com a aprovação do texto base da Medida Provisória do programa Mais Médicos, na noite dessa terça. O texto, no entanto, ainda pode ser modificado, já que ficou para esta quarta a votação de mais de 15 destaques.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.