Em Rio Branco, apenas 300 pessoas, segundo a PM, protestam contra a corrupção

A mobilização do movimento contra a corrupção e "Fora Dilma" reuniu, em Rio Branco, capital do Acre, apenas 300 pessoas, segundo cálculo da Polícia Militar. A organização estimou em cerca de 700 pessoas.

ITAAN ARRUDA, ESPECIAL PARA AE, Estadão Conteúdo

12 Abril 2015 | 19h29

Durante a semana, foi divulgada a informação de que 20 mil pessoas participariam do movimento. Isso acarretou em uma mobilização por parte da PM maior do que o normal. Até policiais do Bope foram acionados. Nenhuma ocorrência policial foi registrada.

A concentração iniciou em frente ao Palácio Rio Branco, às 14 horas (16 horas de Brasília), percorreu as ruas centrais da Capital, passando pela sede da Prefeitura de Rio Branco e da Casa Rosada, sede administrativa do governo do Acre.

Mais conteúdo sobre:
ProtestosRio BrancoAcre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.