Em reunião, Dilma cobra resultados de ministros

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, deixou na tarde deste sábado, 2, a reunião com a presidente Dilma Rousseff no Palácio da Alvorada. Segundo ela, foram discutidos programas nas áreas de Educação, Saúde e Infraestrutura, além dos programas Brasil sem Miséria e Minha Casa Minha Vida. "A presidente cobrou dos ministros que agilizassem resultados", disse. De acordo com o ministro Paulo Bernardo, das Comunicações, que também participou da reunião, não houve mudanças nos calendários de cumprimento dos projetos.

BERNARDO CARAM, LAÍS ALEGRETTI E EDUARDO BRESCIANI, Agência Estado

02 de novembro de 2013 | 17h57

Participaram da reunião, que durou quase sete horas, 15 ministros e o presidente da Caixa, Jorge Hereda. Estiveram no encontro os chefes das pastas dos Transportes, Cesar Borges, do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, da Educação, Aloizio Mercadante, de Minas e Energia, Edison Lobão, da Secretaria de Políticas para a Mulher, Eleonora Menicucci, da Secretaria de Portos, Antonio Henrique, da Integração Nacional, Francisco Teixeira, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, do Planejamento, Miriam Belchior, da Saúde, Alexandre Padilha, das Comunicações, Paulo Bernardo, além de Gleisi Hoffmann.

Tudo o que sabemos sobre:
MinistrosreuniãoDilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.