Em Recife, cerca de 2 mil pessoas protestam contra o governo Dilma

No Recife, até a tarde deste domingo, 12, ainda é pequena a movimentação em torno do protesto contra a gestão da presidente Dilma Rousseff (PT). Os manifestantes ainda estão no ponto de concentração, localizado na praça principal da orla da praia de Boa Viagem, na Zona Sul da cidade - uma das áreas mais nobres da capital pernambucana. A previsão é de que a marcha seja iniciada até as 16h.

MONICA BERNARDES, ESPECIAL PARA AE, Estadão Conteúdo

12 Abril 2015 | 15h57

De acordo com os organizadores, cerca de duas mil pessoas estão no local. Já a Polícia Militar calcula este número em pouco mais de 600. No último dia 15 de março, cerca de 8 mil pessoas - segundo dados dos organizadores e da PM - participaram dos atos de protesto.

Hoje, a organização levou para a avenida três trios elétricos. Os participantes vestem roupas nas cores da bandeira brasileira e carregam cartazes com imagens e mensagens contra a presidente e seu governo. Do alto do carro de som, os discursos tem um tom duro e pedem o afastamento imediato da petista do poder.

Das janelas de prédios próximos, diversos moradores dão demonstrações de apoio aos manifestantes. Alguns penduraram bandeiras do Brasil nas janelas. Outros optaram por fazer uma chuva e papel picado. O trânsito na região está congestionado e alguns desvios estão sendo realizados pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU).

Mais conteúdo sobre:
protestosRecife

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.