Em programa de TV, cúpula do PSDB defende apoio ao governo Temer

Material definido nesta quarta será exibido na TV nesta quinta; Serra, FHC, Alckmin e Aécio falam no programa

Erich Decat, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2016 | 11h26

BRASÍLIA - Em programa previsto para ir ao ar na quinta-feira, 19, em cadeia nacional de rádio e TV, integrantes da cúpula do PSDB se manifestarão em apoio ao atual governo Temer.

O conteúdo dos discursos foi fechado na manhã de desta quarta, 17, com a participação do marqueteiro argentino Guillermo Raffo, que integrou e equipe da campanha presidencial do senador Aécio Neves (MG)em 2014.

"Basicamente o programa fala sobre os problemas que o Brasil precisa resolver, em especial o desemprego. Chama a deixar para atrás os radicalismos, os enfrentamentos, as disputas pequenas e se unir para tirar o Brasil da crise. Se manifesta em apoio ao novo governo como uma forma de apoiar o país", explicou Raffo ao Estado. 

Segundo ele, participam do programa, que terá duração de 10 minutos, além de Aécio Neves, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o ministro da Relações Exteriores, José Serra, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Apesar das alegações de que não pretendiam indicar nomes para o novo governo Temer, integrantes da cúpula do PSDB asseguraram, além do Itamaraty, o comando do Ministério das Cidades, atualmente conduzido pelo deputado Bruno Araújo (PE) e o da Justiça, que tem à frente Alexandre de Moraes, que ocupou o cargo de secretário de Segurança Pública de São Paulo na gestão Alckmin.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.