Em Porto Alegre, PT e PCdoB pegam carona em Dilma

Os candidatos do PT e do PCdoB à prefeitura de Porto Alegre exibiram seus vínculos com a presidente Dilma Rousseff durante a propaganda eleitoral da noite desta quarta-feira. O programa do petista Adão Villaverde afirmou que "uma conjunção de estrelas vai iluminar Porto Alegre" aplicando os nomes de Dilma, do governador Tarso Genro e do candidato em uma imagem do céu da cidade. Em outro trecho, Villaverde afirmou que é do PT de Lula, Dilma, Tarso e Olívio Dutra (ex-governador) sem exibir imagens dos líderes citados. Em depoimento, Tarso elogiou a trajetória de engenheiro, militante e gestor do aliado.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

22 de agosto de 2012 | 21h34

A comunista Manuela D''Ávila tentou associar sua candidatura às gestões de Lula e Dilma no governo federal. "O Brasil mostrou que é possível fazer desenvolvimento e justiça social ao mesmo tempo, ao contrário do que muitos acreditavam", afirmou. "O Brasil elegeu a primeira mulher presidente de sua história, mudou muito e para melhor", prosseguiu. Em outro trecho, lembrou que foi vice-líder de Dilma no Congresso e exibiu uma foto em que estava abraçada à presidente.

Manuela também mostrou um ícone do PT gaúcho, o ex-prefeito e ex-governador Olívio Dutra. "Porto Alegre tem a alma da renovação, com Loureiro da Silva, da igualdade, com Leonel Brizola, e a coragem de mudar, com Olívio Dutra", citou, expondo imagens dos três ex-prefeitos, para proclamar que "é hora de fazer tudo isso de novo". Pouco antes, no programa de Villaverde, Olívio havia pedido votos para o companheiro de partido.

O programa do prefeito José Fortunati (PDT) mostrou o candidato à reeleição visitando obras escolares, ambientais e rodoviárias e proclamando que pode fazer mais e melhor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.