Evaristo Sá/AFP
Evaristo Sá/AFP

Em ofensiva para segurar governo, Temer reúne-se com Maia, Imbassahy e Maranhão

O encontro está fora da agenda oficial e é uma tentativa de manter a base aliada em meio às ameaças de perda de mandato

Leonencio Nossa, O Estado de S.Paulo

26 Maio 2017 | 09h36

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer (PMDB) reúne-se na manhã desta sexta-feira, 26, no Palácio do Jaburu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o ministro da Secretaria da Governo, Antonio Imbassahy (PSDB-BA), e o senador José Maranhão (PMDB-PB).

DE OLHO NO PLANALTO: EM EVENTUAL SAÍDA DE TEMER, VEJA QUEM PODE ASSUMIR

O encontro, que está fora da agenda oficial, faz parte da ofensiva de Temer de segurar a governabilidade e manter a base aliada em meio às ameaças de perda do mandato, que agora partem especialmente do Judiciário, com a proximidade do julgamento pelo Tribunal Superior Eleitora (TSE) da chapa em que concorreu à Presidência da República junto com Dilma Rousseff em 2014.

Ao mesmo tempo em que o presidente tenta encaminhar os projetos do governo no Congresso, ele tem mantido conversas constantes com sua equipe de assessores jurídicos sobre o andamento de sua defesa no TSE. O início do julgamento no TSE está previsto para dia 6 de junho.

O julgamento na corte eleitoral é visto por partidos da base como um marco que vai definir a permanência ou não do peemedebista no Planalto. O próprio PSDB aguarda seu resultado para tomar uma decisão sobre uma eventual saída do governo, segundo o presidente da sigla, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). Como informou o Estadoministros do TSE, ouvidos reservadamente, consideram que a governabilidade de Temer será levada em conta no tribunal.

Auxiliares do presidente disseram que já o avisaram da realização da Operação Poço Seco, a 41ª fase da Lava Jato, deflagrada nesta manhã para investigar atividades financeiras da Petrobras na África

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.