Em novo flerte com PV, Dilma enfatiza planos ambientais

Em mais uma tentativa de reaproximação com os ambientalistas para conquistar o voto de parte dos 19 milhões de eleitores que a senadora Marina Silva (PV) teve no primeiro turno, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, reafirmou hoje seu compromisso de aliar o crescimento econômico ao desenvolvimento social e à sustentabilidade. "A questão do meio ambiente para nós é fundamental", disse, em entrevista à imprensa concedida no heliponto de uma empresa em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo.

ANNE WARTH, Agência Estado

20 de outubro de 2010 | 20h35

Dilma disse que o País irá cumprir o plano de redução de emissão de gases apresentado no ano passado à Conferência do Clima - de 36% a 39% até 2020. Ela ressaltou também a importância do Plano Nacional de Recursos Hídricos e de implantar saneamento básico, tratar o esgoto e preservar mananciais e encostas. Ela aproveitou para criticar a ausência de uma política habitacional antes do lançamento do programa Minha Casa, Minha Vida. "Não se fez política habitacional e as pessoas iam para áreas proibidas porque não tinham acesso a outras", afirmou.

Dilma visitou quatro municípios da região do Alto Tietê - Guarulhos, Suzano, Poá e Ferraz de Vasconcelos - nesta tarde. A petista, que durante toda a campanha deu destaque para o desenvolvimento econômico com distribuição de renda, incluiu a preservação do meio ambiente como uma de suas prioridades. "Estou aqui para reafirmar que uma cidade melhor é necessariamente uma cidade ambientalmente desenvolvida. O econômico, o social e o ambiental são coisas entrelaçadas", afirmou. Ela citou que recebeu o apoio hoje de segmentos do PV em Brasília. "A cerimônia foi muito importante porque nós hoje tivemos o apoio de segmentos do Partido Verde, embora não do Partido Verde oficialmente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.