Em nota, PSDB responde a ataques do PT na TV

O PSDB acusa o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de estar usando informações falsas nas inserções exibidas pelo PT na propaganda partidária no rádio e televisão durante o programa da legenda. Para os tucanos, o governo do PT fica ?se comparando ao passado? por não ter o que mostrar ao País. ?O governo Lula mantém-se preso ao passado, continua conduzindo o Paísolhando pelo espelho retrovisor, sem oferecer direção, agenda ou projetos para a população?, afirma o PSDB, em nota divulgada pela Executiva Nacional, no site do partido, ao rebater os dados que estão sendo apresentados pelo PT, ao comparar as ações do último ano do governo Fernando Henrique com as realizações do primeiro ano do governo Lula. Para o PSDB, como o PT não teria conseguido apresentar soluções prometidas, optou por usar o horário gratuito destinado aos partidos para "tentar explicar o inexplicável: sua incapacidade de governar e de propor alternativas viáveis para o País". Em relação aos gastossociais, o PT afirmou que foram investidos R$ 2,3 bilhões em programas de transferência de renda para famílias carentes em 2002, enquanto oprimeiro ano do governo Lula investiu R$ 3,4 bilhões. Os tucanos rebateram afirmando que, em 2002, foram gastos R$ 3,8 bilhões com programas de transferência de renda. O PSDB considerou também falsa a informação do PT de que a taxa de juros no último ano do governo Fernando Henrique terminou em 25% e que, no governo Lula já teria caído para 16% e a taxa de juros real para 9,07%. Os tucanos sustentam, na nota, que a taxa real em abril último era de 9,97% e que, em novembro de 2002, era de 9,84%. "Entre maio de 2003 e março de 2004, o Brasil liderou o ranking de juros reais, perdendo oportunidade única de cortar as taxas, como fizeram economias semelhantes", destacou a nota do PSDB. Outra informação considerada "enganosa" pelo PSDB diz respeito ao desemprego. A propaganda do PT acusa o governo passado de ter deixado o Brasil com mais de 7 milhões e 800 mil desempregados. "Ao longo do governo Fernando Henrique, o número de trabalhadores com carteiraassinada cresceu cinco milhões. A gestão Lula, ao contrário, só conseguiu produzir recordes negativos", ressalta a nota, acrescentandoque nas seis principais regiões metropolitanas do País, o contingente de desempregados ganhou mais 607 mil pessoas. Na avaliação do PSDB, caso queira "honrar a palavra", o governo terá de criar 331 mil novos empregos por mês - todos os meses - até dezembro de 2006, para chegar adez milhões de novos empregos. Para justificar o aumento das exportações no governo do PT - segundo os petistas o País exportou U$73 bilhões no ano passado contra U$ 60,4 bilhões em 2002, os tucanos disseram que o PT não contribuiu com esse resultado. Para o partido do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o resultado positivo teria sido fruto de ações empreendidas no governo passado e de fatores externos ao País. O PSDB ainda contestouinformações divulgadas nos programas do PT em relação à inflação, cesta básica e agricultura familiar. Clique aqui e assista aos vídeos do PT que estão sendo veiculados na TV.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.