Em nota oficial, Lula lamenta morte de aposentado atropelado

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a primeira dama Marisa Letícia lamentaram, em nota oficial, o falecimento do aposentado Jarbas Miranda Coelho, de 83 anos, que foi atropelado ontem em Belo Horizonte por um dos batedores da Polícia Rodoviária Federal que fazia a escolta da comitiva presidencial. O aposentado chegou a ser socorrido pela equipe médica da Presidência e levado ao hospital Odilon Behrens, onde foi operado. Coelho não resistiu aos ferimentos e faleceu na madrugada deste sábado. Os gastos com o tratamento e o funeral do aposentado foram assumidos pela Presidência da República. Lula solicitou ao prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT-MG), que o represente no velório de Coelho. O aposentado deverá ser enterrado hoje à tardeo. Veja a seguir a íntegra da nota divulgada há pouco pelo Palácio do Planalto: "Nota sobre o falecimento do sr. Jarbas Miranda Coelho em BH. O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a Primeira Dama Marisa Letícia Lula da Silva lamentam profundamente o falecimento do senhor Jarbas Miranda Coelho, em decorrência do acidente de ontem em Belo Horizonte, e apresentam suas mais sinceras condolências à família. As despesas com o tratamento e o funeral do senhor Coelho foram assumidas pela Presidência da República. O Presidente solicitou, ainda, que o prefeito Fernando Pimentel o representasse no velório. Brasília, 07 de agosto de 2004."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.