DIDA SAMPAIO/ESTADAO
DIDA SAMPAIO/ESTADAO

Em nota, instituto Lula nega críticas de ex-presidente a Mercadante

Apesar do posicionamento oficial, o ex-presidente Lula não tem economizado nas críticas disparadas contra o ministro da Casa Civil nos bastidores.

Rafael Moraes Moura, O Estado de S. Paulo

11 de março de 2015 | 18h27

Brasília - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou nesta tarde, por meio de nota divulgada pelo Instituto Lula, ter feito as críticas ao ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, relatadas ao Broadcast Político por uma fonte próxima ao petista.

"O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva repudia e lamenta a reiterada prática de lhe atribuir afirmações a partir de supostas fontes anônimas, dando guarida e publicidade a todo o tipo de especulação", diz a nota do Instituto Lula.

Apesar da nota oficial, o ex-presidente Lula não tem economizado nas críticas disparadas contra Mercadante nos bastidores. Uma fonte próxima de Lula disse à reportagem que, na avaliação do ex-presidente, Mercadante "já deu o que tinha que dar". Segundo esse interlocutor, Lula teria dito em conversas reservadas que, se Mercadante "fosse bom mesmo, teria ocupado um cargo no meu governo".

Segundo o instituto, as frases atribuídas a Lula "nunca foram ditas pelo ex-presidente".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.