Em Natal, Dilma pede respeito a governadora vaiada

A presidente Dilma Rousseff pediu respeito nesta quarta-feira, 2, à governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini (DEM), que foi vaiada ao ser chamada ao microfone para fazer seu discurso. "Vamos respeitar a governadora que está aqui", afirmou a presidente.

RENAN CARREIRA E JOSÉ ROBERTO CASTRO, Agência Estado

02 de outubro de 2013 | 14h02

Dilma iniciou sua fala dizendo que o Brasil é uma das maiores democracias do mundo. "Somos, e temos orgulhos disso, uma das maiores democracias do mundo."

A presidente participa de cerimônia de formatura de 4,5 mil alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e de inauguração de três novos câmpus do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN): Ceará-Mirim, Canguaretama e São Paulo do Potengi.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaNatal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.