André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Em mensagem, Rosso mantém candidatura, mas libera bancada do PSD a apoiar outros nomes

Deputado vem sendo pressionado pelo partido a desistir da disputa pela presidência da Câmara, uma vez que parte da sigla defende o apoio à reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ)

Daiene Cardoso, O Estado de S.Paulo

16 de janeiro de 2017 | 14h01

Brasília - Em mensagem distribuída nesta segunda-feira, 16, à bancada do PSD, o deputado Rogério Rosso (DF) sinalizou que pretende continuar na disputa pela presidência da Câmara, mas "liberou" os correligionários a apoiarem outras candidaturas. Rosso vem sendo pressionado pelo partido a desistir da candidatura, uma vez que parte do PSD defende o apoio à reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ).

"Com absoluto desprendimento e gratidão, gostaria de deixar nosso futuro líder Marcos Montes e a nossa honrada bancada à vontade para se caso entenderem avaliar outras alternativas e caminhos que possam de fato reaproximar a Câmara do povo brasileiro e dar a Casa o respeito e admiração da sociedade", escreveu. Ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, Rosso disse que não quer "constranger ninguém" com sua candidatura, mas avisou que pretende levá-la adiante.

No texto, Rosso reitera o entendimento de que Maia está impedido de ser reconduzido ao cargo. Para ele, a candidatura de Maia já está judicializada e representa um alto grau de insegurança jurídica para a Câmara.

Segue a íntegra da mensagem encaminhada aos deputados do PSD:

"Querida Bancada e prezado amigo e futuro líder Marcos Montes,

Tenho um objetivo e sei que é de vocês também : queremos um Brasil melhor em todos os sentidos. Nosso País com tantas potencialidades naturais , econômicas e acima de tudo pela força e garra do povo brasileiro deveria estar em outros patamares de crescimento e desenvolvimento econômico e social. Por uma série de razões e circunstâncias vivemos talvez uma das maiores crises econômicas de todos os tempos sem contar o alto grau de instabilidade política e até mesmo institucional. O papel da Câmara dos Deputados nunca foi tão importante como hoje é para esses próximos dois anos.

Sabemos que a travessia será difícil. Por outro lado temos a oportunidade de enfrentarmos todos juntos as reformas e os grandes temas e questões que serão fundamentais para revertermos esse quadro. Nosso partido tem se destacado na Câmara como uma bancada altiva e propositiva, unida e leal a princípios éticos e sintonizada com os anseios da sociedade . Sou muito grato a todos sem exceção pela confiança e apoio que sempre depositaram em mim especialmente quando entenderam que posso representar o partido frente à Presidência da Casa.

Nesses dois anos de liderança nossa atuação foi sempre respeitando o posicionamento de cada um buscando sempre a convergência de pensamento e ação conjunta da bancada e do Partido. Tenho viajado todo o País desde o início do ano e percebido que precisamos reaproximar a Câmara da sociedade. Esse é o meu maior sonho - reaproximar a Câmara dos Deputados da sociedade.

Mesmo com o apoio do Partido e principalmente de grande parte da bancada entendo que dada às circunstâncias atípicas dessa eleição com alto grau de insegurança jurídica onde questiona-se no STF (que tenho plena confiança que exercerá em tempo o devido controle Constitucional que o caso merece) uma possível recondução do mesmo Presidente em dois biênios da mesma legislatura (parágrafo 4º do artigo 57 da CF), com absoluto desprendimento e gratidão, gostaria de deixar nosso futuro líder Marcos Montes e a nossa honrada bancada a vontade para se caso entenderem avaliar outras alternativas e caminhos que possam de fato reaproximar a Câmara do povo brasileiro e dar a Casa o respeito e admiração da sociedade.

Estou em São Paulo cumprindo agenda e continuarei a defender de todas as formas uma agenda legislativa para esses próximos dois anos focadas nas reformas econômicas com justiça social e no debate dos temas necessários para transformamos essa grave crise em oportunidades e esperança a nossa gente. Nossa caminhada está apenas no início.

Encaminho para vocês uma singela música que fiz chamada "Somos todos Brasil" que dedico a todos vocês e em especial aos meus eleitores do DF e ao maravilhoso e soberano povo brasileiro. Um grande abraço a todos e vamos juntos. Fiquem com Deus e contem sempre comigo.

Rogério Rosso

Líder do PSD"

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.