Reprodução Internet
Reprodução Internet

Em 'memes' de organograma da Lava Jato, Lula é culpado até pelo aquecimento global

Na versão original, Lula aparece no centro de todas as ações relacionadas à investigação da Operação Lava Jato e é apontado como “comandante máximo” do esquema de corrupção instalado na Petrobrás

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

14 de setembro de 2016 | 20h35

BRASÍLIA - Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começaram a divulgar na internet novas versões do organograma elaborado pela força-tarefa da Lava Jato durante a apresentação da denúncia contra o petista. Nos “memes” que estão sendo divulgados nas redes sociais, Lula aparece como o culpado pela bomba atômica lançada em Hiroshima e Nagasaki, pelo atentado às torres gêmeas em 11 de setembro, pelo aquecimento global, pela derrota de 7 a 1 do Brasil para Alemanha na Copa de 2014 e até mesmo pela separação dos jornalistas Fátima Bernardes e William Bonner.

Em outra versão, o ex-presidente aparece como “o próprio demonho (sic)”, é culpado pela “pobreza na África” e comparado a pessoas que visualizam mensagens no WhatsApp, mas não respondem.

Na versão original, Lula aparece no centro de todas as ações relacionadas à investigação da Operação Lava Jato e é apontado como “comandante máximo” do esquema de corrupção instalado na Petrobrás.

Poucas horas depois de o Ministério Público apresentar a denúncia, o site do Movimento Brasil Livre (MBL) começou a vender uma camiseta em seu site reproduzindo o organograma. O preço da peça é R$ 30.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaMemeMinistério Público

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.