Em meio à crise, Richa tira férias

O prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB), que está sendo acusado de utilizar recursos não declarados à Justiça Eleitoral durante a campanha eleitoral do ano passado, tirou férias e foi para a Itália com a mulher e os filhos. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, não há atividades administrativas agendadas para os 15 dias em que ficará fora. As denúncias contra Richa são apuradas pelo Ministério Público Federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.