Andre Dusek|Estadão
Andre Dusek|Estadão

Em manifesto, PSDB faz desagravo a Aécio Neves

O documento foi assinado por algumas das principais lideranças da sigla, incluindo ministros e governadores

Pedro Venceslau, Impresso

03 de abril de 2017 | 07h31

O PSDB divulgou, neste domingo, 2, um manifesto de desagravo ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) em que exige o fim do sigilo sobre as delações no âmbito da Operação Lava Jato. O documento foi assinado por algumas das principais lideranças da sigla, incluindo ministros e governadores.

O documento é uma reação à reportagem da revista Veja sobre o depoimento de Benedicto Júnior, ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura. Segundo a publicação, Júnior teria afirmado na delação que repassou propina a Aécio como “contrapartida” ao atendimento de interesses da empreiteira. Segundo a revista, ele disse, ainda, que Andrea Neves, irmã de Aécio, teria recebido dinheiro em uma conta bancária nos EUA.

Tanto Aécio quanto Andréa negam ter recebido propina. Em vídeo divulgado ontem, a irmã de Aécio, em tom emocionado, nega as acusações e diz que provará que elas são mentirosas. “Não sei o que está acontecendo para tanto ódio e tanta irresponsabilidade”, afirma Andréa. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.