Em luto, Marina permanece ao lado de familiares em casa

Ex-senadora, companheira de chapa do candidato à Presidência Eduardo Campos, está acompanhada de duas filhas, em São Paulo

ANA FERNANDES, Estadão Conteúdo

14 de agosto de 2014 | 16h25

A ex-senadora Marina Silva, companheira de chapa do candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB), morto nesta quarta-feira, 13, em acidente aéreo em Santos (SP), permanece em casa em luto ao lado de familiares.

Segundo Pedro Ivo, integrante da Rede Sustentabilidade, amigo de Marina e coordenador das iniciativas de "mobilização" da campanha, Marina está acompanhada de duas filhas em sua residência, na zona sul de São Paulo, e não tem planos de deixar o local ao menos por hoje.

Lideranças do PSB e da Rede se reuniram nesta quinta-feira, 14, no comitê nacional da campanha, na zona sul de São Paulo. Entre as presenças confirmadas no local estão Roberto Amaral, vice-presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, até então coordenador da campanha pelo lado de Eduardo Campos, e Bazileu Margarido, que até aqui coordenava a campanha em parceria com Siqueira, representando Marina Silva e a Rede.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.