Em jantar do G-20, Lula estará ao lado de Obama

O encontro de cúpula do G-20 será aberto hoje com um jantar para os chefes de Estado e de governo do grupo no Conservatório Phipps e Jardim Botânico de Pittsburgh, nos Estados Unidos. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá se sentar à direita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e à esquerda do americano estará o presidente da China, Hu Jintao.

NALU FERNANDES, Agencia Estado

24 de setembro de 2009 | 13h54

A disposição dos lugares dos presidentes à mesa do jantar é feita segundo critério de tempo de exercício no cargo. O jantar começa às 20h30 (horário de Brasília) no Conservatório Phipps e Jardim Botânico da cidade. O encerramento está previsto para 22h30.

No mesmo horário, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, tem jantar com seus pares do G-20 em um anexo do mesmo conservatório. A disposição dos lugares que os ministros ocuparão no jantar replica a formação da mesa dos presidentes, com Mantega à direita do secretário do Tesouro, Timothy Geithner.

O presidente Lula saiu de Nova York e tem chegada ao hotel, em Pittsburgh, prevista para o início desta tarde. Ele almoça com os ministros da comitiva. Além de Mantega, estão presentes o assessor especial para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, e o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Luiz Dulci.

Ainda hoje, Lula concede entrevista à rede pública de televisão PBS, tem reunião com representantes sindicais e audiência com o diretor executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI), Paulo Nogueira Batista Jr.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaObamajantarG-20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.