Em homenagem a FHC, Maia destaca o 'homem de bem'

Na homenagem aos 80 anos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), saudou o tucano como um "homem de bem". Colocando de lado as diferenças partidárias entre PT e PSDB, Maia cumprimentou o ex-presidente, na solenidade realizada no auditório lotado do Senado Federal, por sua trajetória essencialmente democrática.

ANDREA JUBÉ VIANNA, Agência Estado

30 de junho de 2011 | 12h33

"Podemos ter divergências de conteúdo, discordância sobre alguns fatos, mas somos capazes de reconhecer em Vossa Excelência um homem de bem", discursou Maia, lembrando as diferenças programáticas entre PT e PSDB. O presidente da Casa também destacou o papel de Fernando Henrique na construção e consolidação da democracia brasileira. "Me sinto orgulhoso de poder dizer e afirmar que vivemos num País verdadeiramente democrático e Vossa Excelência tem muita responsabilidade nisso. Vossa Excelência é, na essência de sua trajetória, um democrata", disse o petista.

Maia reconheceu que era difícil tentar tirar votos de Fernando Henrique nas campanhas presidenciais de 1994 e 1998, quando o tucano venceu o então candidato a presidente pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva. "O eleitor reconhecia em seu trabalho um homem comprometido com os interesses maiores do Brasil e do povo brasileiro."

Tudo o que sabemos sobre:
FHChomenagemCâmaraMarco Maia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.