Em Fortaleza, empate técnico entre Inácio, Moroni e Cambraia

A corrida pela prefeitura de Fortaleza está muito disputada. Três deputados federais estão tecnicamente empatados: Inácio Arruda (PCdoB) aparece com 26% das intenções de voto, seguido por Moroni Torgan (PFL), com 23%, e Antônio Cambraia (PSDB) com 21%, segundo a pesquisa Ibope-Rede Globo. Em relação ao levamentamento anterior, divulgado em junho, Inácio Arruda caiu oito pontos porcentuais e Torgan perdeu três. O tucano Antônio Cambraia subiu seis pontos e agora tem 21% das intenções de voto. A candidata petista, a deputada estadual Luizianne Lins, manteve-se estável com 6%. A margem de erro é de quatro pontos porcentuais para mais ou para menos. A pesquisa, realizada entre os dias nove e 11 deste mês, ouviu 602 pessoas e está registrada na 2ª Zona Eleitoral, em Fortaleza, com o número 9/2004. O Ibope fez três simulações de segundo turno. Na hipótese de confronto entre Inácio Arruda e Moroni Torgan, o candidato comunista aparece com 45% das intenções de voto contra 43% do pefelista, o que caracteriza empate técnico. Se a disputa disputa fosse entre Inácio Arruda e Cambraia, o deputado do PCdoB venceria com 52% contra 37%. E em um segundo turno entre Torgan e Cambraia, o pefelista teria 48% contra 38% do tucano. O resultado da pesquisa agradou aos principais candidatos. Inácio Arruda a considerou ?muito boa?. Torgan revelou que tem o objetivo de manter-se nessa faixa até o início do horário eleitoral gratuito, marcado para a próximo dia 17. Para Cambraia, o resultado estava dentro das expectativas. Já a candidata do PT, Luizianne Lins, embora afirmasse estar satisfeita com o resultado, reconheceu que ainda é desconhecida de grande parte da população. Ela espera crescer após o horário gratuito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.