Caio Sartori/Estadão
Caio Sartori/Estadão

Em formatura de paraquedistas, Bolsonaro se vangloria de presença de militares no governo

'Hoje o paraquedista não apenas salta, ele sobe a rampa do Planalto central', disse o presidente, que evitou a imprensa

Caio Sartori, O Estado de S.Paulo

15 de agosto de 2020 | 12h18

RIO - O presidente Jair Bolsonaro participou na manhã deste sábado, 15, de mais uma cerimônia militar no Rio de Janeiro. Em formatura de paraquedistas na Vila Militar, zona oeste da cidade, o mandatário ressaltou a presença das Forças Armadas no governo - ele e ministros presentes ao evento são paraquedistas. Em alguns momentos, o presidente ficou sem máscara.

"Hoje o paraquedista não apenas salta da rampa. Ele sobe a rampa do Planalto central", disse, antes de receber aplausos dos familiares dos formandos. Bolsonaro, que não parou para responder perguntas da imprensa, também alegou que não há corrupção em seu governo.

Estiveram com ele os ministros Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional, Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, Fernando Azevedo e Silva, da Defesa, e Milton Ribeiro, da Educação. A comitiva volta hoje a Brasília.

O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), que busca o apoio de Bolsonaro para sua tentativa de reeleição, também compareceu à cerimônia, assim como o vereador carioca e filho do presidente, Carlos Bolsonaro, que se filiou ao partido de Crivella neste ano.

Bolsonaro está no Rio desde ontem, quando foi à inauguração de uma escola cívico-militar e a visitas ao Comando Militar do Leste e ao Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.