Em férias, Lula atrai turistas no Guarujá

O Forte dos Andradas, unidade militar do Exército, localizado no Guarujá, onde o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, descansa junto com a esposa Marisa Letícia, tornou-se alvo da curiosidade dos turistas que passam as férias na cidade. Dentre as muitas pessoas que pararam em frente à edificação e até tiraram fotos, uma chamou a atenção: era Germano Inácio da Silva, irmão caçula de Lula que, ao contrário dos demais visitantes, teve autorização para entrar, por volta das 12hs45.Uma hora mais tarde, Germano deixava o quartel, acompanhado do filho Nathan, de 10 anos, informando que infelizmente não pode rever o irmão que estava pescando em alto-mar. "Mas os oficiais garantiram que irão me buscar mais tarde em casa para que eu possa rever meu irmão", informou entusiasmado, lembrando que a última vez em que viu Lula foi em setembro durante um comício realizado em São Vicente. Origem simplesGermano é marítimo, tem 41 anos, e mora no distrito de Vicente de Carvalho, região pobre de Guarujá, onde Lula morou na infância. Há um ano trabalha em uma prestadora de serviços da Petrobras na região. Extremamente simples, Germano veio de ônibus e retornaria para casa da mesma forma, não fosse a oferta de uma carona por parte da equipe de reportagem de um jornal. Ele disse que o filho estava com fome e pretendia levá-lo para almoçar. O irmão do presidente contou que, não só ele, mas os demais irmãos (sete no total) deverão visitar Lula em sua estada no Guarujá. Ele acredita que até o irmão Jackson, que mora em Mongaguá, litoral Sul de São Paulo, e que às vésperas da eleição do segundo turno declarou voto em Geraldo Alckmin, deverá vir até o Forte."Acho que ele se arrependeu da bobagem que disse, porque todos os irmãos lhe deram um puxão de orelha por causa da declaração dele", revelou dizendo ainda que Jackson criticou o presidente por causa de uma falha no Sistema Único de Saúde que, na opinião dele, foi originado de uma falha municipal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.