Em entrevista, Lula defende voto aberto no caso Renan

Presidente fala também sobre a prorrogação da CPMF e diz que a inflação não vai voltar

06 de setembro de 2007 | 17h03

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu voto aberto na sessão do Senado, de quarta-feira, que pode cassar o mandato de Renan Calheiros (PMDB-AL). Em entrevista ao vivo para rádios no Palácio do Planalto, Lula minimizou possíveis cobranças de apoio, ameaças e pressões do grupo de Renan e ainda previu um caminho longo de acusações contra o aliado peemedebista.  Durante a entrevista, Lula defendeu também a CPMF e disse que "quem estiver apostando na volta da inflação para ganhar dinheiro, que tirem o cavalo da chuva porque a inflação não vai voltar".  Ouça abaixo os principais trechos da entrevista:  Lula diz que País não pode perder R$ 40 bilhões da CPMF  Lula defende voto aberto no caso Renan  Renan tem o direito de se defender, diz Lula  Lula apóia BC e diz que não permitirá a volta da inflação

Mais conteúdo sobre:
Caso RenanCPMF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.