Divulgação/Band
Divulgação/Band

Em entrevista a Amaury Júnior, Temer diz que espera aprovar reforma da Previdência em fevereiro

O presidente foi um dos entrevistados do programa de estreia do apresentador na Band

Gilberto Amendola, O Estado de S.Paulo

28 Janeiro 2018 | 02h11

SÃO PAULO - O presidente Michel Temer foi um dos entrevistados do programa de estreia do apresentador Amaury Jr. na Band na madrugada de sábado, 27. A conversa foi gravada no Palácio da Alvorada, em Brasília, e manteve o tom ameno e sem grandes provocações tão características de Amaury Jr. Em um dos poucos momentos em que o assunto esbarrou em temas políticos, o presidente afirmou que espera aprovar a reforma da Previdência em fevereiro. Ele também garantiu que não será candidato a Presidência da República em 2018.

Ao ser perguntado, genericamente, sobre a Operação Lava Jato, o presidente Temer disse que “a Lava Jato está cumprindo o seu papel regularmente e que todas as instituições funcionam com tranquilidade”. Além de dizer, que no governo dele não existem privilégios para ninguém.

Temer mostrou sua preocupação com as chamadas ‘fake news’ e contou ao apresentador já ter sido vítima desse tipo de ação virtual. Ao ser questionado, o presidente lembrou que chegaram a “lançar uma tese de que ele era satanista”. Segundo o presidente, essa notícia falsa teria sido espalhada durante uma campanha eleitoral.

+++ Pela reforma da Previdência, Temer adia viagem para Portugal

Sem entrar em detalhes, ele garantiu que está bem de saúde – e que tem caminhado regularmente. Temer contou como conheceu a primeira-dama Marcela e disse “ser apaixonado, mas não ciumento”. No mesmo clima descompromissado, o presidente confessou que o seu prato preferido é o “arroz, feijão, batata, ovo e bife” e que, embora não seja de beber, gosta de caipiroska.

+++ Temer pede arquivamento de inquérito sobre Decreto dos Portos

Ao ser perguntado sobre uma gafe, Temer lembrou que em visita à Noruega chegou a declarar que teria uma reunião com o rei da Suécia. O apresentador Amaury Jr. sugeriu ao presidente uma festa de black-tie nos jardins do Palácio da Alvorada.

A entrevista de Temer faz parte de uma ação do Planalto para divulgar e popularizar a reforma de previdência. Nesse domingo, o presidente será entrevistado pelo apresentador e dono do SBT, Silvio Santos. Na segunda-feira, o presidente estará no programa do Ratinho, também no SBT.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.