Em discurso, Lula faz crítica indireta à imprensa

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez uma crítica indireta à imprensa no fim de seu discurso feito nesta quarta-feira (12) no Fórum do Progresso Social, na capital francesa. O petista disse que políticos denunciados são expostos à exaustão na imprensa, mas banqueiros envolvidos em problemas não aparecem na imprensa porque pagariam publicidade dessas empresas.

FERNANDO NAKAGAWA, ENVIADO ESPECIAL, Agência Estado

12 de dezembro de 2012 | 17h52

"Quando um político é denunciado, a cara dele sai de manhã, de tarde e de noite nos jornais. E vocês já viram a cara de algum banqueiro nos jornais? Sabe por que ele não sai? Porque ele é quem paga as propagandas dos jornais", disse no seminário organizado pelo Instituto Lula e a Fundação Jean Jaurès na capital francesa. A frase de Lula foi acompanhada de aplausos da plateia.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaPariscríticaimprensa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.