Em discurso, Chinaglia promete manter a imparcialidade

Arlindo Chinaglia (PT-SP), eleito presidente da Câmara para os próximos dois anos, prometeu em discurso de posse manter a imparcialidade na Casa e respeitar a legitimidade do mandato parlamentar. Assim que soube da vitória, o petista cumprimentou os adversários na disputa: deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), atual presidente da Câmara, e o deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR), candidato do "grupo independente"."Do ponto de vista da Casa, as eleições acabaram e, a partir de agora, nós vamos conduzir a Câmara respeitando cada deputado e deputada e a legitimidade de cada mandato", afirmou. Chinaglia, assim que saiu o resultado, passou a presidir a sessão. Segundo ele, a Presidência tem o dever, e irá cumpri-lo, de manter a imparcialidade. Chinaglia pediu a ajuda de todos para errar o menos possível e fazer uma gestão democrática para a qual haverá um método de trabalho que privilegiará não só o Colégio de Líderes como também a conversa pessoal.Por 261 a 243, em disputa acirrada, o petista derrotou o atual presidente da Casa, Aldo Rebelo (PCdoB-SP) no segundo turno. Votos brancos somaram 6. Estavam presentes 510 parlamentares. No primeiro turno, Aldo teve 175, Chinaglia 236 e Fruet 98. Votos brancos somaram 3 e estavam presentes 512 deputados. Os governistas se preparam para iniciar o mandato com uma grave divisão na base aliada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. a disputa marcou o rompimento dos partidos historicamente ligados a Lula. O PSB e o PC do B, que se uniram na candidatura de Rebelo, sinalizaram que vão tentar vôo próprio na eleição presidencial de 2010 e não necessariamente apoiar o candidato do PT.O presidente do PT, Ricardo Berzoini (SP) será um dos bombeiros da crise da base governista. "Na reta final a disputa se acirrou, mas nossa responsabilidade maior é com o governo. Alguma mágoa pode ficar, mas não atrapalhará a base", afirmou Berzoini.Colaboraram Alexandre Rodrigues, Denise Madueño e Luciana Nunes Leal

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.