Em Diadema, candidato do PT lidera

O arquiteto e deputado estadual Mário Reali (PT), de 51 anos, liderava as eleições em Diadema. Com 68,46% das urnas apuradas, ele tinha 58,99% dos votos. Se ganhar, ele pretende montar uma equipe de transição, apesar de ter o apoio do atual prefeito do município, José de Filippi Júnior (PT). "A primeira questão é ter essa equipe. Temos diferenças, novos desafios e um arco de alianças de doze partidos", afirmou Reali pouco antes de votar em uma escola no centro. Em segundo lugar estava o médico tucano José Augusto Ramos, de 61 anos. Ele tinha 34,9% dos votos. Segundo Reali, sua administração priorizará a educação, em vez da saúde, que ele diz ser a prioridade do atual prefeito. Diadema foi a primeira cidade governada pelo PT no Brasil, em 1983.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.