NILTON FUKUDA / ESTADAO
NILTON FUKUDA / ESTADAO

Em debate, Marina ataca aliança de Alckmin com Centrão

Tucano critica a vida partidária da ex-ministra e disse que há ótimas pessoas 'em todos os partidos

O Estado de S.Paulo

10 de agosto de 2018 | 00h16

A candidata Marina Silva (Rede) nas eleições 2018 atacou a aliança do candidato Geraldo Alckmin (PSDB) com os partidos do chamado Centrão, durante debate presidencial realizado pela Band, nesta quinta-feira, 9. Em resposta, o tucano criticou a vida partidária da ex-ministra e disse que há ótimas pessoas "em todos os partidos".

"As alianças são sempre por tempo de televisão, para se manter no poder", afirmou Marina, ao relembrar o arco partidário em torno de Alckmin. "Elas são a base de sustentação do governo de Michel Temer." Para a candidata, o País deve "mudar os que estão patrocinando a crise".

Em reação, Alckmin afirmou que há "ótimas pessoas" em todos os partidos. "Construímos aliança com siglas do centro para aprovar reformas que população precisa", disse. O tucano criticou ainda a aliança de Marina com o PV, que indicou Eduardo Jorge como vice da chapa da ex-ministra.

Em outro ponto de embate entre os dois candidatos, Marina disse que vai enfrentar a reforma da Previdência, mas não com "propostas draconianas".

Alckmin disse ainda que vai "trabalhar nas causas para poder reduzir os juros no Brasil".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.