Em convenção do PMDB, Falcão lê carta de Lula sem menção a 2014

Texto do ex-presidente não é explícito sobre a repetição da aliança entre Michel Temer e Dilma Rousseff na disputa à reeleição

Débora Bergamasco, de O Estado de S. Paulo,

02 de março de 2013 | 11h33

O PMDB está realizando em Brasília neste sábado sua convenção nacional, com a presença dos principais líderes do partido. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi convidado, mas não pode comparecer e enviou o presidente nacional do PT, Rui Falcão, para representá-lo.

Falcão leu uma carta de Lula, que destacou a trajetória do partido do enfrentamento da ditadura, mas não foi explícito sobre a repetição da aliança entre do vice-presidente Michel Temer e a presidente Dilma Rousseff na disputa à reeleição de 2014.

Ressaltou apenas que a parceria é "programática", que a legenda deve conquistar "muitas outras vitórias" e encerrou sua mensagem dizendo que "lado a lado, com Dilma e Temer, garantiremos conquistas ainda maiores para o Brasil e para o povo brasileiro", sem mencionar a próxima disputa presidencial.

Tudo o que sabemos sobre:
PMDBLulaDilmaTemer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.