Em comercial na TV, Alckmin diz que 'governador e prefeito devem somar esforços'

Campanha do PT defende união com governo federal, administrado pela sigla

Isadora Peron, de O Estado de S. Paulo

28 de agosto de 2012 | 22h00

Começou a passar na TV nesta terça-feira, 28, um depoimento do governador Geraldo Alckmin em apoio à candidatura do tucano José Serra à Prefeitura de São Paulo. "Governador e prefeito devem somar esforços, verbas, ideias e soluções. É assim que eu e o Serra trabalhamos", disse Alckmin no comercial de 30 segundos.

Ele comentou ainda que quando Prefeitura e Estado trabalham unidos há mais avanços em áreas como saúde, transporte e educação. "Eu e o Serra somos assim: um complementa o trabalho do outro. E quem ganha é a cidade", disse.

Em seus programas eleitorais, o candidato do PSDB tem dado destaque à parceria que pretende fazer com o governo do Estado para trazer mais investimentos para a cidade. Já o seu adversário petista, Fernando Haddad, promete dar prioridade no trabalho conjunto com o governo federal, administrado pelo seu partido.

Na segunda-feira, 27, Haddad havia criticado no horário eleitoral do rádio o fato de as gestões de Serra e do atual prefeito Gilberto Kassab (PSD) não terem incorporado programas federais na capital paulista. O tucano rebateu e acusou o governo federal de não investir "nenhum centavo" na expansão do metrô.

Essa suposta briga entre PT e PSDB vem sendo criticada pelo peemedebista Gabriel Chalita, que tem se apresentado como o único candidato que conseguirá unir tanto o governo estadual quanto o federal em torno da sua administração. Em um de seus programas, deu como exemplo o fato de que a cidade do Rio conseguiu construir 12 vezes mais moradias através do programa federal Minha Casa, Minha Vida do que a gestão paulistana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.