Em coletiva, Mantega diz não saber de nomes para o segundo escalão do ministério

'Hoje nós estamos aqui apresentando o nome dos ministros', afirmou o ministro após questionado sobre permanência de Cartaxo à frente da Receita Federal

Carol Pires, do estadão.com.br,

24 de novembro de 2010 | 17h06

BRASÍLIA - O ministro Guido Mantega, indicado pela presidente eleita Dilma Rousseff, para continuar à frente da pasta a partir do próximo ano, não quis comentar, sobre a nomeação do segundo escalão do ministério. Ao ser questionado por um repórter sobre a continuação ou não de Otacílio Cartaxo à frente da Receita Federal, Mantega respondeu: "Hoje nós estamos aqui apresentando o nome dos ministros. Não há nenhuma decisão em relação a isso".

 

Também foi perguntado a Mantega se ele continuará no ministério da Fazendo por mais quatro anos, ou se a nomeação dele é apenas por um período de "transição". O ministro respondeu que ficará no governo enquanto tiver a confiança de Dilma.

 

Guido Mantega fez declaração durante a primeira entrevista coletiva oficial de apresentação da equipe econômica para o governo de Dilma Rousseff. Além do atual ministro da Fazenda, que permanecerá com o cargo, participaram também da coletiva Miriam Belchior designada ao Ministério do Planejamento e Alexandre Tombini, que presidirá o Banco Central.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.